November 12, 2020

As famílias italianas se encarregaram de estabelecer e fundar no início do ano 1900 o multiculturalismo representativo da localidade de Capitán Pastene, localizada na comuna de Lumaco, região de Araucanía, onde se preserva até hoje a melhor fusão da tradição italiana, crioula e mapuche (indígena).

Nesta região uns dos principais ícones da tradição italiana é a gastronomia, que vem sendo promovidas há décadas pelas famílias desta pequena cidade. Um exemplo é o Ristorante Patrimonial e Emporio Montecorone, renomado empreendimento que se dedica, além disso, a fabricação de presunto e outras carnes curadas italianas. Mabel Flores e Angelo Lubini, proprietários desta grande empresa familiar, herdaram dos pais e avós este legado cultural e o gosto pelos negócios. 

Em 2004, Lubini iniciou a produção de presuntos no sótão da casa – onde hoje possui uma moderna fábrica que lhe permite entregar cerca de 1.500 presuntos por ano – o que o levou em 2010 a expandir o seu negócio para produção de outras carnes curadas italianas, massas e pizzas e a inauguração de seu restaurante.

“Nós, através do Ristorante Patrimonial e Emporio Montecorone, entregamos mais do que comida, entregamos história e cultura em nossos pratos”, descreve Mabel Flores, responsável por este negócio familiar.

O encontro cultural de seus produtos pode ser encontrado no prosciutto com merkén, que reúne o melhor das tradições existentes nesta pequena cidade: italiana, crioula e mapuche (indígena).

A realidade dos comerciantes durante a pandemia levou-os repensar o funcionamento dos seus negócios, e diante da crise o Ristorante Patrimonial e Emporio Montecorone mudaram a forma de comercializar de seus produtos. Passaram a vender através de um canal online com serviço de delivery. Além disso, desde setembro passaram a receber clientes na área externa do restaurante, sem esquecer das medidas cuidado e proteção.

A reativação da economia tem sido um dos principais temas abordados por diversos atores e, neste sentido, a CMPC assumiu este compromisso com a iniciativa “Arriba Todos Juntos”, que desde agosto iniciou a primeira das três etapas, denominada “Preparando para sair”, que entregou 25 kits de higiene à comuna de Lumaco.

A primeira fase do programa tem servido para que os empresários e empresas da Lumaco retomem suas atividades da forma mais segura e a Montecorone é uma delas.

“Quando você é empreendedor é preciso ter força para superar os momentos difíceis. Se cair, é necessário levantar-se, e isso foi um aprendizado. O empreendedor está cheio de energia”, disse Flores, que também convidou todos a acreditar na produção nacional nessa época.

“Apesar de tudo, este apoio um é um incentivo e um aperto de mão da CMPC. Quando nos ligaram e disseram que iam nos ajudar com tudo isso, foi uma emoção. Sentimos que não estávamos sozinhos. Isso nos ajuda muito”, finalizou ela.