maio 18, 2018

Há seis meses entrou em vigor no Chile a nova Lei de Inclusão Laboral que garante “a integração das pessoas portadoras de necessidades especiais nas organizações públicas ou privadas com mais de 100 trabalhadores” e na qual propõe a absorção de 1% de trabalhadores nessas condições.

No dia 17 de novembro de 2017, a Companhia acolheu quatro jovens que atualmente fazem parte da área de recuperação da fábrica da Envases Impresos localizada na comuna de Buin, na Região Metropolitana de Santiago.

Nicolás e Luis Seguel, Bryan Mosqueira e Rodrigo Muñoz apresentam diferentes graus de deficiência. Os irmãos Seguel e Bryan apresenta deficiência cognitiva, enquanto Rodrigo possui síndrome de Down.  No entanto, isso não foi impedimento para que os quatro jovens fossem uma verdadeira contribuição para a empresa ao executar trabalhos os quais não podem ser realizados pelas máquinas, como a desmontagem, colagem e seleção caixas, processos necessários para a entrega dos produtos os clientes.

Embora o projeto piloto seja executado somente na Envases Impresos, esta ação está ligada à política global da CMPC que dentre seus 17 mil colaboradores, atualmente 130 possuem algum tipo de deficiência (120 são homens e 10 são mulheres).

Assista ao vídeo para saber mais sobre a iniciativa.