August 27, 2020

Como base no compromisso com as comunidades vizinhas, especialmente na cidade de Puente Alto, onde está presente há 100 anos e no contexto da crise económica e sanitária provocada pelo coronavírus, a CMPC doará 100 mil almoços no sector de Bajo de Mena, preliminarmente num período de duas semanas.

O aporte consiste na entrega de seis mil refeições diárias aos moradores das vilas pertencentes ao setor.

Na última terça-feira (18) foram entregues os primeiros almoços. Na instância que contou com a presença do Subgerente de Relações Públicas da CMPC, Francisco Torrealba, que além de visitar os lugares de entregas, ajudou a entregar as refeições aos vizinhos. “Nestes cinco meses de pandemia no Chile, pudemos constatar que para superar a crise sanitária e econômica que atingiu o país é necessária a união e o compromisso de todos. Neste caso, como empresa que está presente há 100 anos no distrito de Puente Alto, queremos ajudar os seus vizinhos com algo tão importante para eles, a alimentação. Além disso, para reativar a economia local, a CMPC comprou alimentos e gás para os locais de distribuições em  Bajos de Mena, contribuindo para o desenvolvimento de microempreendedores ”, afirmou Torrealba.

A doação foi feita em conjunto com a plataforma de comunicação local La Vitrina TV, que por meio de sua diretora e repórter, Melyna Montes, se encarrega da organização,  da entrega das refeições, da coordenação com os fornecedores, o despacho das comidas para cada vila, entre outros.

“Estamos muito gratos que uma empresa como a CMPC tenha pensado em Bajos de Mena para ajudar nesta pandemia. Sabemos que já desenvolveram várias outras ações em Puente Alto, mas Bajos de Mena é um local com muitas necessidades e este apoio ao nossos 30 locais de distribuição, com quase 6 mil almoços por dia, é muito importante”, ratificou Montes.

CMPC Solidária

Além dos almoços em Bajos de Mena, a CMPC apoiará durante dois meses a entrega diária de almoços para os vizinhos vulneráveis e idosos do distrito de Puente Alto, na região Metropolitana de Santiago do Chile.

A iniciativa busca ajudar centenas de famílias entregando 200 almoços diários, ou um total de 12 mil refeições durante este período, dos quais 100 correspondem à entregas realizadas pelo Associação de bairro União e Progresso; 50 pelo refeitório Donde la tía e 50 pela também organização de bairro União e Progresso, que distribuirá os alimentos para demais residências localizadas na cidade.