July 10, 2020

Nesta semana, o estado do Rio Grande do Sul, recebeu um importante reforço para o combate ao coronavírus: 206 mil máscaras entregues como doação pela CMPC.0


Segundo o diretor geral da CMPC Brasil, Mauricio Harger, a iniciativa reforça a ideia de que qualquer ação tomada para o bem da saúde das pessoas fará a diferença. “Entendemos que qualquer atividade que gere valor econômico também deve gerar valor para a sociedade, algo que realmente contribua para que ela enfrente seus desafios e problemas”.

Mauricio Harger ainda explicou a importância desta ação. “Está claro para nós que os governos não conseguem enfrentar sozinhos momentos como esse que vivemos. Por isso estamos empenhados em efetivamente ajudar a sociedade. Com a produção de máscaras cirúrgicas, um dos principais itens de segurança, contribuímos para evitar a disseminação do vírus e garantimos a proteção das pessoas”, afirmou ele. 

Dada a alta demanda e a necessidade de suprimento no Brasil, a CMPC colocará em operação a segunda máquina que produzirá 14 milhões de máscaras cirúrgicas por mês.

Segundo o diretor geral da empresa no Brasil, até agora foram doadas mais de 600mil unidades e estima-se que em agosto as entregas ao Estado totalizem 1 milhão máscaras.

Máscaras de alta qualidade

As máscaras doadas são fabricadas pela Softys, subsidiária da CMPC de produtos de higiene e cuidados pessoais, em São Paulo. O processo é totalmente automatizado, o que garante altos padrãoes sanitários, pois não há intervenção humana durante a fabricação.

Além disso, cada máscara cumpre aos mais altos padrões internacionais e é composta por 5 materiaisInvólucro externo Non Woven do tipo Spunbond, Camada intermediária (filtro), Non Woven do tipo Meltblown, Camada interna Non Woven do tipo Spunbond, Barra de nariz, tira de ajuste: metal coberto com plástico, Material de fixação elástica.