May 29, 2020

O objetivo é relatar a cadeia de suprimentos de maneira sustentável, solicitando aos fornecedores que descrevam dados por meio da plataforma de divulgação ambiental do CDP.

 O CDP, organização ambiental sem fins lucrativos, anunciou um salto significativo de 24% no número de empresas que pedem a seus fornecedores que relatem dados ambientais este ano.

O Grupo CMPC é uma das três empresas de América Latina a ingressar nesta seleta lista.

O objetivo é relatar a cadeia de suprimentos de maneira sustentável, solicitando aos fornecedores que descrevam dados por meio da plataforma de divulgação ambiental do CDP sobre seus impactos, riscos, oportunidades e estratégias relacionadas a mudanças climáticas, desmatamento e/ou questões de segurança hídrica. Esses dados serão usados para informar as decisões de aquisição e as estratégias de envolvimento do fornecedor.

“Ao desenvolvermos nosso roteiro de sustentabilidade para 2030, percebemos que um maior envolvimento com nossos principais fornecedores era um elemento vital. Por esse motivo, decidimos nos tornar membros do CDP Supply Chain e solicitar que nossos fornecedores relatem dados ambientais, para informar nossa estratégia de engajamento”, disse Nicolas Gordon, gerente de Sustentabilidade do Grupo CMPC.